14 fevereiro 2008

Meu Anjo



Obrigada, Meu Anjo,
Pela proteção, pelo abraço,
Por me teres nos braços
Quando o chão me faltou.

Agradeço a intuição, o amparo,
Por sentir tua mão
Nos momentos da vida
Em que tu sabias
Que o que eu precisava
Era daquela lição.

Meu Mentor e meu Guia
Que alegria me destes
Quando vi tuas vestes
Bordadas de luz...
Nunca vi teu semblante
Mas jamais duvidei
De tua guarda constante
Obrigada, Meu Anjo!
Postar um comentário