02 abril 2008

Farol




Vem
Serei teu farol

Na noite escura
No mar bravio


Segue a luz
E aporta seguro
Estarei te esperando


Descansa agora
Não há mais perigo
Sou teu farol


Posso te iluminar
Mas a tua luz
Não está em mim

Postar um comentário