11 julho 2008

Gosto mais de abraços que de beijos


Gosto mais de abraços que de beijos

O abraço dos amigos
que se reencontram
e não sentiram que o tempo passou

O abraço redondo
da equipe esportiva
que se une pela vitória do grupo

O abraço do desconhecido
que leva provisões e carinho
ao desabrigado pela fúria da natureza

O abraço da despedida
envolvendo as almas
que não querem separar-se

O abraço dos amantes
cansados e satisfeitos
que se aninham depois do amor

O abraço da mãe e do pai
tentando proteger sua cria
de todos os males do mundo

O abraço dos manifestantes
que se levantam e lutam
contra as injustiças

Ah! quantos braços
que abarcam dores
carregam flores
embalam amores
são antenas do coração

Há beijos traidores
mas os abraços não mentem

Gosto mais de abraços que de beijos...


Postar um comentário