15 janeiro 2009

Os Guerreiros do Arco-Íris



Quando a Terra estiver devastada e os animais morrendo, virá uma nova tribo, formada por variadas cores e credos; e por suas ações e proezas a Terra tornar-se-á novamente verde.

Eles serão conhecidos como “Guerreiros do Arco Íris”.

Eles enfrentarão montanhas de ignorância, ódio e preconceito.

Mas serão dedicados, determinados em seu propósito e fortes de coração.

Eles encontrarão corações e mentes que os seguirão nessa jornada de retorno da Mãe Terra à beleza e plenitude . (Profecia dos antigos índios americanos)


“Virá, que eu vi.” (Um Índio, música de Caetano Veloso)






Há um canto de pássaro que ainda não foi ouvido.

Escondido sob um manto escuro ele ainda repousa.

Ousa vez ou outra um trinado, o momento buscando

Quando abrirá as asas e livre alçará vôo.


Há uma luz que ainda não se fez toda em cor

Por entre as trevas que nos corações fizeram morada

Acuada pelo tempo, a tempestade e a guerra

Encerra em si o último pôr do sol.


Há uma semente prestes a romper-se em vida

Perdida na inutilidade do servir aparente

Dormente embrião na aurora de uma nova era

Espera: por mim, por você, por nós – espera.


Postar um comentário