12 outubro 2009

flor do campo




a flor do campo

não pede licença

espalha-se no espaço

abre-se em mil cores

nem pergunta se combina

sobe morro

desce morro

acompanha o riacho

passa por debaixo da cerca

e sua beleza estende-se

livre e pura

pela natureza agreste



a flor do campo

só sente

é muita pena

das pobres flores

nobres

aprisionadas

nos vasos

e canteiros

da cidade...




foto de B. Jorjorian





Postar um comentário