15 janeiro 2010

Sonhos de uma noite de verão






no calor da noite

à beira do lago

sob a luz do luar

há um mundo paralelo

uma efervescência de vida

invisível e despercebida

a quem passa por ali




terra, água, fogo e ar

cedem sua essência

a estranhas criaturas

que em constante lida

- atividade surreal -


modelam formas do astral

transformam sonhos

realizam desejos



gnomos e ondinas

sílfides e salamandras

por devas orientados

vibram e rodopiam

nos quatro pontos cardeais

e renovam a natureza
na dança dos elementais









arte de Josephine Wall
Postar um comentário