18 janeiro 2010

Vida Simples


Meu sonho de liberdade é paisagem
Invadindo janelas e varandas
Trazendo dos campos a doce aragem
E o perfume das rosas e lavandas


Nas manhãs, a revoada dos pássaros
E o galo chamando mais um dia
Fruir sem pressa esses momentos raros
De comunhão e perfeita harmonia


Plantar, colher, fazer meu próprio pão
Reunir amigos junto ao fogão
Esquecer o consumo e a cidade


Ter uma casa sem tranca e sem muro
Andar a pé, respirar o ar puro,
Viver na paz e na simplicidade

arte de Gustav Klimt

Postar um comentário