24 abril 2010



o vento da verdade
não varreu as ilusões


a chuva da lucidez
lavou as emoções
mas não levou o sentimento
que ainda arde em mim


e a dor da partida
ainda lateja forte


quanto tempo faz?


perdi-me nesse labirinto
onde o tempo não é contado
em horas ou em dias
mas em lembranças


que não passam
e que me consomem...





arte de Alaya Gadeh

Postar um comentário