22 agosto 2010

Entrelinhas

viria a morte
como um descompasso
da vida
ritmadamente monótona
salvar a alma
desse que anda sonâmbulo
à beira da estrada (?)

viria a vida
como um assombro
da morte
morbidamente delineada
soltar o grito
desse que engole o verbo
preso nas entrelinhas(?)


arte de Jaimes Roy
Postar um comentário