17 fevereiro 2011

Desapego



eu queria
estar sempre de mãos abertas
de bolsos vazios
e sem nenhum cordão a me guiar

eu queria
recusar todas as ofertas
dispensar os desafios
e não ter o que guardar

eu queria
ofuscar toda memória
sair pelo mundo sem destino
e de tudo me desapegar

mas acontece
que eu tenho uma história
não sou da vida inquilina
tenho amores, amigos e um lar

então vivo dividida
se de um lado eu me desfaço
do outro eu mais me enlaço
e tento em contrapartida
a vida não complicar


arte de Angela Morgan
Postar um comentário