24 abril 2011

Das Melhores Lembranças


pelos caminhos
que os olhos percorreram
entre o tempo e as nuvens
pelos ventos
que os dias sopraram
entre as naus e os juramentos
fui recolhendo tesouros
lágrimas, vozes, imagens
saudades, sorrisos, sentimentos
fui amealhando paisagens
cristais, rosas, pergaminhos
tantos, tão caros, momentos
beijos, licores, carinhos
sou poço, cascata, lua cheia
repleta de lembrança e emoção
sou coração inflado
como bolha de sabão
à mais leve alfinetada
espalha-se toda a magia
e me esparramo em poesia
pelo chão!
Postar um comentário