05 julho 2011

Heresia


deixo aqui, à beira do caminho
culpas, dogmas, sacrifícios, liturgias
esta cruz que não me serve
e junto dela a coroa de espinhos

aquelas velhas tabuletas?
caíram uma a uma ao chão
talvez pelo excesso de peso
talvez pelo excesso de 'nãos'

há muito deixei a santa pecadora
e os intermediários de hábitos e batinas
dos meus erros eu mesma cuido
meu autoconfessionário não tem cortinas

minha fé não tem doutrinas
a graça divina não exige sacramentos
a lição do Cristo foi de comunhão entre os homens
amor e perdão seus únicos mandamentos

no altar da minha consciência
sei que amar nunca é pecado
levo pai, filho e espírito santo
no coração santificados



arte de Liliya Popova
Postar um comentário