09 maio 2012

Abrindo Caminhos




infelizes dos que pensam
que abrir caminhos
é sair por aí
acotovelando a vida
derrubando quem caminha ao lado

empunhando a navalha
ou a ponta da enxada
sem perceber que assim
só cavam a própria sepultura

melhor é esgueirar-se
buscar os vãos e as vielas

navegar sem esperança de terra firme
deitado no convés
banhado de luz e sereno
fazer do mar seu espelho
olhar-se nele e se ver no céu

ainda melhor
é dar a mão a outro
e outro e mais outro
e ir abrindo caminhos
onde todos possam caminhar


arte de Jennifer Cacaci


Postar um comentário