16 fevereiro 2013

Oca sem tijolo




hás de existir, civilização
talhada em pés descalços
e mãos espalmadas
erguida em ar e luz
qual bandeira desfraldada
e o homem tachado de tolo
por andar nu sem qualquer pejo
por fazer oca sem tijolo

hás de existir, civilização
moldada em terra e pureza
sem pecado ou paraíso
tem nessa vida a riqueza
sem qualquer divina graça
a natureza oferece
sem dogma ou ameaça

hás de existir, civilização
sem palavras como medo
posse, valor, honestidade
pois todos sabem quem são
o que é de um é de todos
família é a comunidade
ainda que não assimilemos
hás de resistir, civilização
hás de ensinar a alegria da simplicidade


(imagem de Ueslei Marcelino)


Postar um comentário