22 fevereiro 2014

Fios de sonhos



nós somos feitos de fios de sonhos
perfeitos enredos que se entrelaçam
desfiam-se nos sonhos que são desfeitos
nos laços mútuos tecem abraços

as pontas dos fios não nos pertencem
dançam nos ares sem compostura
rede obscura que trança aos pares
vidas e olhares soltos no espaço

amor, loucura, ausência, aventura
tramas de encontros e desencontros
clandestina urdidura de secretas mãos
que fiam e arbitram teia e ruptura


Postar um comentário