28 abril 2014

Coração Interdito

arte de Silvia15


"How many times have I told you:
The civilized world is a zoo,
not a jungle, stay in your cage." 
 (Margaret Atwood)

eu me resguardo
das tolas aflições diárias
admirando nuvens fugazes no céu
e enfrento as noites
em lutas solitárias
vorazes bocas buscando um réu

é o coração que bate fora do peito
me dizem
como um veredito
ou simples lugar-comum

penso-me mais um buraco negro
absorvendo qualquer delito
reduzido a um ínfimo quantum

não me ofereça um ombro
não me alimente a morte
não me resgate o assombro
não me deseje sorte

farta da brincadeira
nem rego mais meu jardim
se essa vida é o que me sabe
é só bala de festim

por ser apenas poeira
a estrada me secou assim
se esse coração é o que me cabe
como doá-lo no fim?


Postar um comentário