06 agosto 2014

Parasita poético



você sabe quando um poema
vai ser seu para sempre
começa a lê-lo e
ele vai grudando nos olhos
aderindo à pele como
um doce açucarado
e diz quem você é
o que você sente
toma conta de você
como um alien
que o poeta colocou
dentro pra te explodir
de poesia
faz um pássaro
voar no seu coração
a alegria de ler
faz rir como
criança que ganha um novo brinquedo
e você se sente um parasita
bebendo até o fim a seiva do poeta


Postar um comentário