07 junho 2015

fim de fim de semana



chega uma hora em que todos vão-se embora
o som das despedidas se perde no ar
as luzes são aos poucos apagadas
restam fiapos de vozes pela casa
ficam os sorrisos iluminando os cantos
ficam as risadas guardadas nas gavetas
ficam as fotos dos momentos bons
fica o grande vazio

no passar dos dias essas imagens 
fluidificam-se 
evaporam-se
deixando um afago de lembrança 
de gestos e abraços
e lá no fundo a saudade doída 
apertando o coração
e no corre-corre do cotidiano
cresce uma doce expectativa 
de que venha logo a próxima reunião



Postar um comentário