18 junho 2016

João e a montanha



no topo do mundo
tudo é vasto, sagrado, profundo
no topo do mundo
as asas saltam, arremedo de voo
no topo do mundo
somos tão pequenos e tão grandes
os horizontes se alargam
a luz é plena
o coração dilata
a veia queima
o vento serpenteia
a verve arde
os sons invadem
a paz é tema

Postar um comentário