18 julho 2017

Ainda é cedo



a morte passou pelos meus ossos
ouvi sua risada escancarada
senti a lambida no pescoço
o arrepio involuntário

ainda é cedo, pensei
não vai ser agora
ainda não vesti as melhores roupas
ainda não conheci todos os lugares
ainda não amei como deveria

a morte passou pelos meus ossos
e senti o gosto do eterno no céu da boca

ainda é cedo, pensei
para a minha liberdade


Postar um comentário