12 maio 2009

Moleque



Ah, moleque

trepa na árvore

corre na rua

assusta a irmãzinha

puxa o rabo do cão

ri da vizinha

atira pedra no gato

chuta pedra

fura o sapato

cola chiclete na cadeira

atormenta a rua inteira

sobe no telhado

chora por tudo

cai da rede

rabisca a parede

vive dando trombada

deixa a mãe descabelada

leva bronca na escola

imita a freira

fica de castigo

não pode jogar bola

mexe com fogo

queima o dedo

briga pelo brinquedo


chega a noite

cai na cama

dorme e sonha

...parece um anjinho...


Deus te abençoe, moleque!



Postar um comentário