12 setembro 2010

Em dias de chuva cor de rosa




Nestas tardes de fim de inverno
Admiro as cores do céu de arrebol
E cai uma chuvinha fina
Como cortina de voal sobre o sol

Ajeito o xale nos ombros, pego a xícara de chá
E sento-me à janela para ver a chuva cor de rosa
Anunciando para breve o despertar da primavera
Que renascerá em mil flores, poderosa
Postar um comentário