17 março 2016

4o. Encontro NOP

Poemas escritos em oficinas realizadas no 4o. Encontro do Grupo Nova Ordem da Poesia, em São Paulo (13 de março de 2016)



(3 palavras: amarrar, soltar, infinito)

Escravidão

Sonhei que éramos pássaros
de bicos e pés amarrados
em vão tentando nos soltar

nessa prisão sufocante
onde voo e canto nos foram negados
nada nos restava esperar

a vida é um dom bendito
e se a liberdade falta
acordemos na morte rumo ao infinito

................

E se... o céu escurecer

nada é definitivo 
quando a vontade lidera
as penas que o destino força
serão para mim material de asas
as pedras no caminho
fortalecerão meus pés
no jardim ressequido
plantarei as flores mais belas
tudo cresce, se transforma, renasce
o sol vem e seca a chuva
aquece a face
e se o céu escurecer
viajarei às estrelas
para trazer um novo brilho no olhar


Postar um comentário